Acesse as notícias de Imperatriz e região. pnegrao@gmail.com

Acesse as notícias de Imperatriz e região. pnegrao@gmail.com

Veja a opinião de algumas categorias sobre a polêmica lei do taxi lotação

0 comentários
A lei não foi aprovada, mais a discussão na câmara foi bastante polemica. Veja alguns representantes de categorias ligadas aos taxistas e transporte em geral.
VEJA O VIDE ABAIXO

Nota Pública sobre o assassinato de José Santos Rodrigues

0 comentários
Raimundo Santos Rodrigues, conhecido como José dos Santos, é mais uma vítima da ganância dos saqueadores, da violência impune do interior do Maranhão e da ausência do Estado.
José Santos Rodrigues era Conselheiro do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) na Reserva Biológica do Gurupi, último fragmento da floresta amazônica em terras maranhenses, a área mais degradada da Amazônia Brasileira. A Rebio Gurupi é circundada por 3 áreas indígenas: Alto Turiaçú, Awá e Caru, que, como a floresta, sofrem os ataques dos madeireiros.

O Conselheiro, atuante junto ao ICMBio desde 2012, foi assassinado no dia 25 de agosto na cidade de Bom Jardim (MA), a 275 Km de São Luís. José dos Santos estava acompanhado por sua esposa, que foi atingida por tiros e ainda se encontra no hospital.

Ao longo de todos esses anos, José tem denunciado os madeireiros e defendido sua comunidade, também em qualidade de membro do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STTR) de Bom Jardim.

O corpo do conselheiro está em Buriticupu, a 200 km de Bom Jardim, cidade onde outro membro do STTR, Raimundo Borges “Cabeça”, foi assassinado três anos atrás.
José dos Santos deixa a esposa ferida e seis filhos. Em nota pública, o presidente do ICMBio, Claudio Maretti, definiu o acontecido como “um ataque covarde”. Outros conselheiros do ICMBio daquela região temem por sua própria segurança.

As comarcas de Buriticupu e de Bom Jardim frequentemente são consideradas pela população como “Terras sem lei”, onde o Estado está particularmente ausente, as instituições de defesa dos direitos coletivos são extremamente fragilizadas e a violência dita a lei do mais forte.

Nós, entidades de defesa dos direitos humanos, movimentos populares, organizações religiosas, instituições eclesiais, sindicatos, jornalistas, membros de redes e organizações atuantes em nível local, nacional e internacional, expressamos nossa solidariedade para com a família de José dos Santos, indignação pela violência sem fim que está destruindo pessoas e territórios nessa região do Maranhão e imediatas reivindicações nos seguintes sentidos:

- que a morte de José Santos Rodrigues, de Raimundo Borges e de vários outras vítimas nos municípios de Bom Jardim e Buriticupu (MA) não passem impunes; que haja investigações acuradas, identificação e punição dos assassinos e seus mandantes;

- que o Estado garanta proteção permanente às comunidades e aos defensores de direitos humanos nessa região;

- que as operações em defesa da Rebio e das terras indígenas dessa região erradiquem eficaz e definitivamente o saque de madeira e punam os empresários e políticos que se enriquecem ilegalmente através disso;

- que o Estado Brasileiro e o Governo do Maranhão reforcem as forças de segurança e as instituições de acesso à justiça nos municípios de Bom Jardim e de Buriticupu;

- que o Estado Brasileiro e o Governo do Maranhão invistam, a partir do discernimento com a população local e de mecanismos de gestão participativa, para a promoção de atividades de geração de renda alternativas ao saque e comércio de madeira.

A morte de um companheiro que lutou por justiça e a morte da floresta são a morte de todas e todos nós! Queremos viver, queremos justiça e dignidade!

1º de Setembro de 2015

Assinam:

1. Rede Justiça nos Trilhos
2. Missionários Combonianos do Brasil
3. Associação de Defesa do Meio Ambiente de Araucária- AMAR (PR)
4. Associação de Membros da Congregação Cristã no Brasil- AMCCB (PA)
5. Associação Ambiental Voz Da Natureza – Espírito Santo
6. Amigos da terra, Brasil
7. Amigos de la tierra, internacional
8. Anamuri, Chile
9. Associação de Proteção ao Meio Ambiente de Cianorte- APROMAC (PR)
10. Associação Agroecológica Tijupá
11. Associação Alternativa Terrazul
12. Associação Ambientalista Corrente Verde
13. Associação Brasileira de Estudantes de Engenharia Florestal
14. Associação Paraense de Apoio às Comunidades Carentes – APACC
15. Brigadas Populares
16. Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas- CaaNm- (MG)
17. Casa da Cultura do Urubuí-CACUÍ
18. Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará- CEDENPA
19. Censat agua viva, Colombia
20. Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos Carmen Bascaran- CDVDH/CB
21. Coletivo de Mulheres de Altamira,
22. Comissão Paroquial de Meio Ambiente-CPMA
23. Comissão Pró-Índio de São Paulo
24. Comitê Xingu Vivo
25. Conselho Indigenista Missionário – CIMI (MA)
26. CPT – Uberlândia (MG)
27. Ecologistas en Accion, Espanha
28. FAOR - Fórum da Amazônia Oriental
29. Fase (MA)
30. Fase Amazônia (AM)
31. Fase Espírito Santo (ES)
32. Fase Mato Grosso (MT)
33. Fórum Brasileiro de Ongs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente
34. Fórum Carajás
35. Fórum de Políticas Públicas de Buriticupu (MA)
36. Fórum Permanente de Cidadania de Colinas
37. Grupo de Estudos: Desenvolvimento, Modernidade e Meio Ambiente da Universidade Federal do Maranhão - GEDMMA/UFMA
38. Grupo de Estudos de Temáticas Ambientais- GESTA-UFMG.
39. Grupo de Pesquisa Historicidade do Estado e Direito- GPHED-UFBA (BA)
40. Grupo de pesquisa Territorialização Camponesa na Amazônia
41. Instituto Brasileiro de Educação, Integração e Desenvolvimento social- IBEIDS
42. Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN)
43. Justiça Global
44. Marcha Mundial das Mulheres
45. Modatima, Chile
46. Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA
47. Movimento Negro da Transamazônica
48. Movimento pela Soberania Popular na Mineração- MAM
49. Movimento Águas e Serras de Casa Branca - MG
50. Movimento Xingu Vivo Para Sempre
51. MST (PA)
52. MST (MA)
53. Mutirão pela Cidadania
54. Observatório dos Conflitos do Extremo Sul do Brasil
55. ONG Coração Amazônico
56. Instituto Políticas Alternativas para o Cone Sul- PACS
57. Rede Brasileira de Justiça Ambiental
58. Rede Jubileu Sul
59. Rede GTA
60. Sociedade Maranhense de Direitos Humanos – SMDH
61. Toxisphera -Associação de Saúde Ambiental (PR)
62. Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão
63. Patricia Magno - Defensora Pública RJ (Titular do NUSPEN, Articuladora do Fórum Justiça)
64. Carlos Alberto Dayrell - Engenheiro Agrônomo e ambientalista - Montes Claros MG).
65. Oiara Bonilla - Antropóloga - Universidade Federal Fluminense
66. Diosmar Marcelino de Santana Filho - Geógrafo, ativista e pesquisador
67. Gabriel da Silva Teixeira - Associação Brasileira de Reforma Agrária (ABRA - Núcleo São Paulo)
68. Tania Pacheco- Blog Combate Racismo Ambiental
69. Renato Farias de Araujo - Rede Cerrado
70. Adriana Assunção de Carvalho
71. Janete Capiberibe- Deputada Federal
72. Plataforma de Direitos Humanos - DHESCA Brasil
73. Terra de Direitos

Buritirana realiza I Edição dos Jogos Escolares municipal

0 comentários
O evento foi um grande sucesso e além do Prefeito Vagtonio Brandão, também estiveram presentes os Vereadores Breguedê, Jairo, Joaquim, Solimar Sousa e Valmir, além do Secretário de Finanças Tonislei, marcaram presença os Secretários: José Andrade, Edinecy Santos, Paulinho Roberto, Manoel Bala, Tonhão, Juraci Roldão, Zé do Zuca e ainda os Assessores Ciran Santos Ricardo do Maneta e João do Sivirino, também contou com a ilustre presença da atleta e professora Euci, de Imperatriz, que já participou da Maratona de São Silvestre.
A abertura foi iniciada às 16:00 hs, com a apresentação das 15 equipes das escolas participantes dos Jogos. Um dos momentos mais emocionantes foi quando a cantora Marina Brandão cantou o hino oficial dos Jogos Escolares.
No ritual de abertura, a tocha, entregue por uma aluna ao Secretário de Esporte, que por sua vez entregou à Secretária de Educação, foi acesa pelo prefeito Vagtonio. Logo após vários alunos e equipes fizeram apresentações e homenagens ao Prefeito.
Na sua fala, Vagtonio Brandão parabenizou os secretários de esporte e educação e toda a equipe envolvida na organização, especialmente o professores Eurivan, Luana e Régis; ressaltou que, em toda a história de Buritirana, essa foi a primeira edição dos Jogos Escolares, mas que muitas outras se seguirão, marcando o esporte, a cultura e educação do município.

Comitê da cidadania mobiliza comunidade para fiscalizar vereadores e impedir ampliação do horário de funcionamento da lei dos bares (1.110)

0 comentários
Em entrevista a vários órgãos de imprensa nesta terça feira, a juíza aposentada Maria das Graças Carvalho Sousa membra do comitê, destacou a importância da presença popular na reunião de quarta as 19 horas na Igreja de Santa Tereza Dávila, e na quarta dia 9 de setembro, na câmara municipal de vereadores em Imperatriz. Segundo os dados da policia civil, o aumento no horário, favorece o crescimento da criminalidade em Imperatriz.
VEJA A ENTREVISTA

Médicos e enfermeiros estão com dois meses de salários atrasados

0 comentários

O profissionais da saúde [médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem] do Hospital Municipal de Ribamar Fiquene [HMRF] estão há dois meses com salários atrasados, sem previsão de atualização dos vencimentos. Os servidores estão desmotivados e podem cruzar os braços.

Além disso, o hospital de 20 leitos, entregue [setembro/2013] pelo Governo do Maranhão ao Município de Ribamar Fiquene não funciona de forma satisfatória no pronto-atendimento à população. De acordo com funcionários, o atendimento tem sido precário em decorrência da falta de materiais e medicamentos.

Se o município não atualizar os salários até essa primeira quinzena, os profissionais da saúde –médicos, enfermeiros e técnicos— poderão cruzar os braços no Hospital Municipal de Ribamar Fiquene.

Na época, o governo estadual informou que o hospital foi construído e equipado com recursos do Tesouro Estadual, onde foram investidos R$ 3.656.753,00 – desse valor, mais de R$ 1.241.000,00 em equipamentos.

O hospital de 20 leitos é dotado de Serviço de Pronto Atendimento (SPA), sala de parto, de raios-X, pediatria e exames laboratoriais e clínica médica.



Foto: Divulgação


Morte de ambientalista no Maranhão é denunciada à OEA

0 comentários

- Raimundo dos Santos Rodrigues denunciava ação de madeireiros ilegais dentro Reserva Biológica do Gurupi desde 2012

O assassinato do ambientalista e conselheiro da Reserva Biológica do Gurupi, Raimundo dos Santos Rodrigues, foi denunciado à Organização dos Estados Americanos (OEA) nesta segunda-feira, 31, pela ONG Justiça Global. Raimundo foi morto em uma emboscada, a tiros e golpes de facão, na estrada que liga as cidades de Bom Jardim a Buriticupu, no Maranhão. Sua esposa ficou gravemente ferida no atentado. Desde 2012, ele vinha denunciando a ação de madeireiros ilegais na região, o que o tornou alvo de constantes ameaças. Tanto que os madeireiros teriam elaborado uma lista com o nome do conselheiro e de outras pessoas marcadas para morrer.

As ameaças contra a vida de Raimundo já haviam sido comunicadas à Ouvidoria Nacional Agrária, mas nada foi feito. A Justiça Global manifestou à OEA sua preocupação com a segurança e a vida dos outros conselheiros da ReBio do Gurupi e com os moradores da Comunidade Brejinho das Onças, localizada no interior da reserva, onde Raimundo vivia com a sua família. Além do conflito com os madeireiros, a comunidade sofre também com a perseguição de um latifundiário, ligado a políticos locais.

Em julho deste ano, o Ibama apreendeu e incendiou caminhões que eram utilizados para extrair madeira ilegal do interior da ReBio. A Reserva está conectada com as Terras Indígenas Alto Turiaçú, Awá e Carú. Juntas, formam um mosaico que representa o que resta de floresta amazônica no Maranhão. Em abril, o agente indígena de saneamento Eusébio Ka’apor foi assassinado com um tiro nas costas, na mesma região. De acordo com informações, ele teria sido vitimado por madeireiros contrários às ações de autofiscalização e vigilância territorial dos indígenas contra a exploração ilegal de madeira na Terra Indígena Alto Turiaçu.

Apesar de ser uma reserva ambiental, a ReBio do Gurupi não conta com uma proteção efetiva dos órgãos federais. O informe foi enviado para as relatorias da OEA de Execuções Sumárias, Defensores de Direitos Humanos e de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais.

Assessoria de Comunicação (Justiça Global) - 21 2544-2320

Homem que violentou e matou garota foi candidato a vereador em Imperatriz

0 comentários
O assassino confesso da garota Keylane de 13 anos que é açougueiro e marceneiro na cidade de Imperatriz, foi candidato a vereador nas eleições municipais de 2012.
Alcino Vilarins de Oliveira de 49 anos é natural da cidade de Grajaú violentou e matou a golpes de arma branca a menor de idade deixando logo após seu corpo jogado às margens da avenida JK, em Imperatriz.

Em 2012, ele concorreu pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB) ao cargo de vereador e tirou 11 votos.

Durante a prisão, ainda na madrugada deste domingo, o homem disse ter matado a jovem pelo fato dela não querer ter relações com ele. Keylane foi perfurada no pescoço, barriga, pernas e braços.

Eduardo Galvão delegado que está comandando as investigações disse que o crime chocou a população deixando todos revoltados.

A casa em que o assassino morava foi queimada por moradores na manhã de hoje.

Acordo no fim de semana pôs fim a greve no transporte coletivo de Imperatriz

0 comentários
Um acordo entre a VBL e o sindicato dos motoristas dos transporte coletivo no fim de semana, pôs fim a greve de motoristas e cobradores que já durava sete dias. Com o entendimento, a frota municipal e intermunicipal da VBL, voltou a operar em 100% das linhas nesta segunda feira.
A direção da empresa juntamente com o sindicato, garantiu que apenas cerca de sete trabalhadores impediram que o acordo fosse celebrado ainda na sexta feira, com o fim do movimento grevista, os 30% dos trabalhadores que ainda não haviam recebidos os vales alimentação e parte dos salários, devem fazê-los nesta segunda feira. Com isso, a comunidade já pode utilizar a frota sem restrições de linha, desde as primeiras horas desta segunda .

Deputado Léo Cunha e prefeito de Campestre reúnem-se com secretário Márcio Jerry

0 comentários



O deputado estadual Léo Cunha (PSC) e o prefeito de Campestre, Valmir Morais (PT) se reuniram na última quarta-feira (26) com o secretário de Articulação Política, Márcio Jerry, para tratar das parcerias firmadas entre o estado e o município.
Entre as pautas da reunião, foi tratado sobre assuntos referentes aos convênios de 2013 e 2014. Entre as demandas do município, estão enumeradas melhorias em pavimentação, poços artesianos, saúde, estradas e iluminação pública. De acordo com o prefeito, a parceria entre estado e município é fundamental para que a cidade tenha a assistência devida. Ele chamou a atenção para a infraestrutura da cidade.
“Campestre tem avançado muito, mas para que continue progredindo precisamos da assistência do governo e assim termos recursos para levar nossos projetos para frente, principalmente na infraestrutura. Agradeço o empenho do deputado Léo Cunha e no quanto ele tem sido importante para a evolução de Campestre”, disse o prefeito Valmir Morais.
De acordo com o deputado Léo Cunha, o secretário Márcio Jerry garantiu que Campestre não deixará de ser assistida pelo Governo. “Os campestrenses podem ficar tranquilos pois os seus interesses estão sendo tratados com muita atenção junto ao Governo do Estado. Quero parabenizar o prefeito Valmir pelo esforço em levar melhorias para o seu povo. Estamos no caminho certo”, declarou o deputado.

Matéria assessoria de gabinete

Avenida São Sebastião está sem sinalização, aponta vereador

0 comentários
Imperatriz – Revitalizada por meio do programa “Mais Asfalto”, a Avenida São Sebastião, que interliga a Avenida Pedro Neiva de Santana a Rua Bandeirantes, no bairro Vila Nova, ainda não recebeu a devida sinalização (vertical e horizontal). A observação é do vereador petista Aurélio Gomes.
Ele diz que a obra é resultado de parceria celebrada entre a Prefeitura de Imperatriz e o Governo do Maranhão, onde contemplou a cidade com 18 quilômetros de pavimentação asfáltica de qualidade. “Esse trabalho foi concluído há quatro meses, porém a avenida ainda está sem sinalização de trânsito”, garante.
De acordo com o vereador, a ausência tem sinalização tem contribuído com o aumento de acidentes de trânsito naquele perímetro urbano de Imperatriz. Ele solicitou providências emergenciais para implantação de sinalização à Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Setran).
O vereador Raimundo Roma (PSL) considera de fundamental importância intensificar o reforço da sinalização em cruzamentos de ruas e avenidas dos bairros de Imperatriz. “Existem cruzamentos que os próprios moradores clamam pela colocação de sinais de alerta, porém a pintura no solo e a instalação de redutores de velocidade são os mais importantes nesse momento”, completa.
Ele entende que a instalação de conjuntos semafóricos disciplina o trânsito de veículos e contribui na redução dos acidentes nos cruzamentos, embora em alguns pontos cause a paralisação do trânsito. “O cruzamento da rua Alagoas, com a Avenida Santa Tereza, necessita urgentemente de um semáforo, pois o trânsito lá está praticamente parando o trânsito na rua 13 de Maio devido a grande quantidade de veículos”, finalizou.[Da Assessoria]

Foto: Divulgação